terça-feira, 30 de março de 2010

Sonhar com fronteiras

Viver em um mundo de sonhos, flutuando, é a vontade que quase todos temos... embora uns de nós conseguem, nem sempre é como esperávamos.
Sonhar é muito bom, e ainda não pagamos imposto por isso, então não faz mal tirarmos uns minutinhos de nosso dia, na maioria das vezes muito corrido por sinal, para dar uma “viajada” em algum lugar inexistente, em um mundo onde tudo é sorriso, alegria, festa.

Sonhar, mas se lembrando que há um limite, a vida não é tão longa para que possamos conquistar tudo que aspiramos. Então melhor que passar grande parte da nossa vida sonhando, é melhor sonhar menos e correr atrás do que se é possível. Sem fugir nas nossas responsabilidades chatas também. Tudo que é bom acarreta um lado negativo.


A vida a qual tanto sonhamos, pode estar na nossa frente, e nós ainda estamos cegos, e não a estamos vendo. Um amor sublime, uma amizade imortal, um sentimento inexplicável, um sorriso de um desconhecido, será que isso não está tentando nos mostrar que a vida feliz que sonhamos já estamos vivendo, mas de uma maneira distorcida, de uma maneira real.


Todos sabem que para nós não há limites, somos capazes de realizar façanhas que nem mesmos nós acreditávamos, porém cada pessoa possui suas limitações, e eu particularmente acho difícil de auto-enxergar. Cada pessoa é diferente, com pensamentos, objetivos e sonhos diferentes, comparações não fazem ninguém, competições muito menos, devemos apenas competir com nós mesmo, ser sempre melhor hoje do que fomos ontem, e menos melhor do que seremos amanhã.


Ser jovem, é ser sonhador, é alcançar a profissão dos sonhos, aquela que trabalhamos pouco e ganhamos muito, é se tornar famoso, rico, etc. ser jovem é não ter limites, é achar que a vida é feita de sonhos, e muitas vezes, quebrar a cara quando de repente caímos nesse mundo que muitos já não fazíamos parte a tempo, o mundo real.


Um mundo imaginário, perfeito que muitos vivemos, é maravilhoso, mas não é real, temos que ter pura convicção disso. Porquanto o mundo real é totalmente diferente, e temos que estar preparados para enfrentá-lo. O mundo está sob os nossos pés, o céu é o limite, e não é difícil tirar os pés do chão e sair flutuando por ai, só não esquece de saber a hora de por os pés no chão novamente, não esquece da hora de acordar.

sexta-feira, 19 de março de 2010

30 coisas para fazer antes dos 30...

1 Ficar absurdamente bebado pelo menos 1 vez na vida
2 Encontrar alguém da Net
3 Agarrar um amor platônico

4 Se apaixonar a primeira vista
5 Roubar o namorada de alguém
6 Roubar chocolate nas lojas Americanas
7 Ir p/ balada d ônibus
8 Subir num palco e dançar igual louco
9 Transar num lugar publico
10 Fingir ser estrangeiro e falar um idioma que ñ existe

11 Pintar o cabelo de uma cor absurda
12 Fazer uma Tatoo
13 ter o melhor sexo da sua vida com uma idiota
14 Ir a um show d rock e ficar gritando: 'CANTA PAGODE'
15 Voltar da balada e dormir com a roupa que saiu
16 Se jogar na piscina de roupa
17 Fugir de casa p/ sempre e voltar no outro dia

18 Ir numa boate gay
19 Passar uma semana a base de sorvete e chocolate
20 Tomar banho de praia a noite
21 Ter um peixe e conversar com ele

22 Encontrar uma ídola
23 Sacanear um desconhecido
24 Chorar vendo um desenho
25 Compor uma música
26 Viajar sozinho
27 Chorar d tanto rir

28 Jogar uma bomba no vizinho
29 Encontrar um amor
30 dizer EU TE AMO